Transtornos Dissociativos

Transtornos Dissociativos caracterizam perdas de funções cognitivas, principalmente consciência e memória, de funções sensórias e de controle corporal. Geralmente desencadeados por algum acontecimento traumático, esses transtornos tendem a desaparecer após algumas semanas. Mas, se persistirem, acompanham tendência à dramatização e a deixar-se persuadir, e indicam sintomas insolúveis, podendo ocasionar problemas crônicos, especialmente afonias, paralisias e catatonias, denominados “histeria de conversão”. Imperceptíveis a exames médicos, esses transtornos desafiam possíveis tratamentos, destacando conflitos psíquicos com consequências orgânicas.
 


Paul Klee, Veste Rouge (1938)

CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK